dicas de organização para casa

Oie,

Dicas práticas para colocar a casa em ordem e ficar com as energias renovadas.

Pode parecer bobagem, mas viver em uma casa arrumada, onde tudo fica em seu devido lugar, faz toda a diferença. Não é a toa que a maga japonesa da arrumação, Marie Kondo, tem feito tanto sucesso, mundo a foro. Autora de best-sellers sobre organização, a personal organizer ficou conhecida graças a seu método KonMari que ensina a manter em casa apenas aquilo que traz alegria. Após a estréia da série “Ordem na Casa”, protagonizada por ela e transmitida pela Netflix, seus ensinamentos acabaram viralizando, fazendo com que as pessoas ficassem realmente interessadas no assunto.

Inspirada pelos ensinamentos de Marie Kondo, a Etna compartilhou algumas dicas práticas e bastante úteis para quem deseja colocar a casa em ordem e com as energias renovadas. Ideias simples que, com certeza, irão facilitar as atividades do dia-a-dia. Confira!

Sala

nichos para sala

Talvez por ser o maior cômodo, a sala é o espaço que mais costuma acumular bagunças, por isso quanto menos coisas tiver no local, mais fácil organizá-lo. Caso tenha prateleiras, faça o possível para deixar cada objeto colocado nela em seu devido lugar, isso ajudará a manter a harmonia do ambiente. Outro item que merece atenção são os objetos pequenos que costumam ficar espalhados, como chaves e controles remotos. Um organizador específico para cada um deles é uma ótima saída.

Cozinha

organizador para cozinha

Aqui, a dica principal é não deixar a louça acumular na pia. Além de manter em ordem a aparência do local, isso ajuda a evivitar insetos. Para otimizar o espaço nos aramários, empilhe os pratos e as panelas, enfileire as frigideiras, travessas e tampas e use ganchos para organizar os utensílios e canecas. A arrumação da geladeira deve seguir a mesma regra. Fique atenta a posição de cada item para aproveitar da melhor forma possível o espaço.

Banheiro

cesto para roupa suja

Para garantir que a sensação de limpeza predomine no ambiente, evite deixar objetos espalhados em cima da pia, ou mesmo, pelo chão. Caso haja armários no local, utilize-os para armazenar os cosméticos, maquiagens e outros itens de higiene pessoal. Na ausência deles, cestos organizadores são uma boa saída. Não esqueça de providenciar também um lugar para colocar as roupas sujas.

Escritório

organizador de escritório

Para manter a ordem no ambiente, a principal sacada é evitar acumular papéis. Os que não têm serventia devem ser jogados fora. Já os importantes podem ser substituídos por uma versão digitalizada. Caso, ainda assim, reste algo que precise ser arquivado, utilize pastas com cores diferentes para tipo, contas, comprovantes e documentos.

Quarto

cestos organizadores de brinquedos

Comece fazendo a cama diariamente. Por mais simples que isso possa parecer, isso fará uma diferença e tanto. Quando o assunto são as roupas, nunca as deixe espalhadas. Antes de se deitar, crie o hábito de organizá-las. Guarde as limpas no armário e coloque as sujas em um cesto próprio. Para o quarto das crianças, vale ainda uma dica: para providencie caixas organizadoras, onde os pequenos possam colocar os brinquedos, após utilizá-los.

Dica Extra

organizadores de maquiagem

A rotina atribulada que costumamos ter faz com que toda e qualquer ajuda que possa otimizar tempo e trabalho sejam mais do que bem-vindas. Os organizadores, de todos os tipos e tamanhos, podem ser importantes aliados na tarefa de colocar a casa em ordem. Eles facilitam o armazenamento, principalmente de pequenos objetos, e auxiliam na otimização dos espaços internos de armários e gavetas, além de deixar os objetos expostos visualmente arrumados. Soluções simples, práticas e superacessíveis.

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

Compartilhar este post
onde é melhor criar os filhos. casa ou apartamento

Oie,

Se existe um tema em que os pais de hoje em dia se preocupam, eu com certeza diria que está relacionado a escolher o melhor ambiente para criar os seus filhos.

E foi justamente pensando nisso, que desenvolvemos esse conteúdo, que visa tirar todas as suas dúvidas sobre o tema.

Espaços maiores ou espaços bem aproveitados? Conheça alguns pontos importantes na hora de decidir.

Qual é o melhor tipo de moradia para famílias com crianças pequenas? Apartamentos podem ser uma escolha assertiva para quem é solteiro. Ao menos, costumava ser assim. Mas será que é uma boa ideia quando o assunto é a criação dos filhos? Continue lendo e ao fim você vai saber se o melhor é casa ou apartamento.

o que é melhor, casa ou apartamento

Vantagens e desvantagens de criar os filhos em uma casa

Basta que as crianças cresçam um pouco mais para que os pais sejam soterrados por uma enxurrada de dicas, trazidas por amigos e familiares, cada uma contendo o segredo definitivo da melhor forma de criar os seus próprios filhos.

A frase clássica “vocês precisam sair do apartamento e ir para uma casa espaçosa” carrega um dos discursos mais comuns. E, apesar de ela não ser 100% descartável, a disposição de mais espaço nem sempre significa que as crianças vão estar envolvidas em mais atividades.

Mais espaço

Casas normalmente têm mais espaço livre por conta de quintal (as que possuem). Mas será que mais espaço significa, realmente, que os filhos estão participando de mais brincadeiras ao ar livre?

Não necessariamente. É fundamental que as famílias acompanhem as atividades que os filhos estão exercendo. Ter um quintal pode abrir a imaginação para mais brincadeira, mas isso, nem de longe, pode ser motivo para que os passeios fora de casa parem de acontecer.

Menos segurança

Dentre as desvantagens está a falta de segurança. Moradores de casa estão mais vulneráveis do que aqueles que moram em apartamento, o que não é uma boa notícia sobretudo para quem tem filhos pequenos.

Ter um quintal grande não significa diversão garantida, o que pode levar crianças a desbravar a rua. Carros, ônibus e pessoas mal intencionadas são alguns dos perigos dos quais os pequenos estão expostos nesse ambiente.

Vantagens e desvantagens de criar os filhos em um apartamento

Aquela ideia antiga, bastante repetida pelos mais velhos, de que apartamento e criança não combinam, tem mudado drasticamente. Os empreendimentos residenciais atuais destinados a famílias já são projetados para atender às necessidades de lazer e interação que as crianças demandam.

Menos espaço

Será?

A impantação de áreas de lazer, piscinas, academias e vários outros itens, tem o papel de suprir a necessidade de espaço, qualidade de vida e de integração entre famílias e condôminos. Afinal, espaço bem aproveitado é melhor do que apenas espaço disponível.

Áreas de lazer destinadas ao entretenimento dos pequenos.

As brincadeiras são de uma importância para o desenvolvimento motor, social e capacidade emocional das crianças. E sabendo do poder de influência do bem-estar dos pequenos diante da decisão de compra dos pais, empreendimentos investem cada vez mais em espaços destinados ao público infantil.

Dentre as áreas comuns destinadas a atividades lúdicas para as crianças, playground, piscina, brinquedoteca e salão de festas são as mais comuns.

Mais segurança

Os assaltos à residência aumentaram 70%, um número alarmante. Ou seja, se a casa não estiver localizado dentro de um condomínio, a segurança acaba ainda mias fragilizada.

Apartamentos são três vezes mais seguros do que casas em condomínio, que são, por sua vez, duas vezes mais seguras do que casas térreas térreas localizados em ruas abertas.

Hoje em dia é comum que condomínios sejam equipados com segurança 24h, incluindo guarita e câmeras de vigilância registrando dia e noite qualquer movimentação suspeita em suas dependências. Isso tem aumentado, e muito, a procura por apartamentos. Afinal, o Brasil é um dos países onde a população sente mais medo da violância em todo o planeta.

Qual pai ou mãe se sentiria tranquilo em sair de casa para trabalhar, sabendo que os filhos não estão em segurança? Por isso, os fatores apresentados acima e outros devem ser levados em consideração.

Entre os jovens solteiros, o apartamento studio já é uma tendência no Brasil, como escolha da primeira moradia. Em razão da maior segurança e de toda a estrutura oferecida, os prédios também são a escolha mais assertiva para família com crianças em grandes centros como São Paulo.

Claro que essa é uma decisão que só você poderá tomar. Casa ou apartamento, o importante é o seu pequeno saber quais são seus limites e o que ele pode, ou não, fazer por aí.

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

Compartilhar este post
saiba como ter uma horta no apartamento

Oie,

A agroecologista e professora do Namu Cursos Alessandra Nahra, compartilhou com a gente dicas para fazermos a nossa própria horta caseira agroecológica.

dicas para ter uma horta em casa

Veja como plantar os próprios alimentos de maneira econômica e sustentável. Confira algumas dicas:

1 – Veja onde há luz natural: O primeiro passo é encontrar um local onde haja bastante luz, pode ser uma laje da casa, um quintal, uma varanda ou até mesmo o parapeito de uma janela, mas é importante ser um local que você passe todos os dias, para que consiga sempre ver a horta.

2 – Use recipientes para fazer canteiros: Um dos pontos a serem ressaltados em uma horta caseira é que não precisa ter terra no chão. É possível usar praticamente qualquer recipiente: caixote, baldes plásticos, caixas de isopor e etc. Até gavetas de madeira podem virar canteiros.

3 – Encontre a espécie mais adequada para plantar: É preciso utilizar o bom senso na hora de escolher o que plantar. Não adinata plantar agrião se você ou ninguém da sua casa come este vegetal. Além disso, é importante levar em conta a geografia do espaço que se tem disponível para a seleção. Plantas como hortaliças, temperos e aromáticas exigem pelo menos 5 horas de sol direto por dia. Ou seja, é preciso de um espaço que recebe luz mais constante. Mas não desanime se a sua casa não recebe tanta luz! Pesquise espécies mais resistentes e experimente.

4 – Sempre cubra o solo com matéria orgânica: O solo precisa estar sempre coberto com palha, folhas secas e restos de poda. Aquele que fica exposto perde a umidade. Além disso, a ação bactericida do sol atrapalha os microrganismos, responsáveis por torná-lo rico em nutrientes.

5 – Adube e regue com regularidade: Este é um passo muito importante para manter a planta bem nutrida. A cada 20 dias a terra precisa ser revestida com composto orgânico, humus de minhoca ou bokashi. É preciso regar a planta todos os dias. Mas é importante ter cuidado para não exagerar nas doses de água.

Dicas de como ter uma horta

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

Compartilhar este post
cobre na decoração

Oie,

Objetos únicos, estilosos e modernos podem mudar ou destacar um ambiente na casa.

decoração com cobre

o cobre está em alta

O cobre é uma das cores queridinhas na decoração atual e traz muita sofisticação para o dia a dia.

decoração com detalhes em cobre

objetos de cobre no quarto

Para usar na decoração pode apostar em vasos decorativos, argolas de guardanapos, porta garrafas, fruteiras, centro de mesa, luminárias e velas.

itens em cobre na decoração

objetos de decoração em cobre

Com esses itens é possível ter a cor em vários ambientes da casa.

lustres cobre

objetos em cobre na sala

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

Compartilhar este post