Oie,

Não adianta, sempre vai ser mais fácil apontar uma pendência da empresa que você trabalha, do que reconhecer a sua pendência profissional.

Tapar os olhos para as suas próprias ações podem te colocar numa zona de conforto e impedir que você suba degraus na vida profissional.

O consultor e sócio diretor Netas Treinamento & Desenvolvimento, Fabio Abate compartilhou com a gente algumas pequenas escolhas e atitudes do dia a dia, que impedem que a sua tão desejada promoção aconteça.

ZONA DE CONFORTO

Muitas pessoas estudam muito ao longo de suas vidas, mas ao conquistarem o tão sonhado emprego, acham que já estão sabendo o suficiente e não precisam estudar mais. Independente da sua área de atuação, busque sempre se aprimorar.

Todos os dias muitas coisas se reinventam, inovam e mudam absolutamente. É preciso estar antenado e se adequar aos novos métodos do mercado para aprimorar a qualidade do seu trabalho e abraçar novos clientes.

RECLAMAÇÃO

Se está disposta a apresentar um problema, esteja disposto a apresentar uma solução.

De que vale uma reclamação sem proposta de mudança? Quando você for reclamar de algo que acontece na sua empresa, lembre-se de tomar cuidado com a sua postura e entonação e proponha mudanças relevantes para todos.

NÃO DEIXE DE EXPOR SUAS OPINIÕES E IDEIAS POR MEDO DE NÃO AGRADAR A TODOS

Você precisa mostrar que tem potencial e que pode fazer diferença na empresa. Se você ficar quieto para manter amizades, sempre será um amigo respeitado e nunca um bom líder.

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

Compartilhar este post
carreira DJ

Oie,

Pedro Sabíeis-Vos circula pelos eventos e casas noturnas mais badaladas e luxuosas de São Paulo. Tornou-se DJ profissional e empresário logo aos 21 anos, quando também fundou a Stage Produções, especializada em produção de eventos e locação de equipamentos. Com mais de dez anos no mercado noturno paulista. Sabíeis nos contou o que é primordial para quem almeja seguir essa carreira.

As melhores dicas para ser DJ

1 – Paciência

O primeiro ponto para conseguir entrar nesse mercado. As portas nem sempre estarão abertas e o começo da carreira é muito difícil, porque as pessoas vão atrás de DJs já reconhecidos e famosos. De oportunidade em oportunidade é possível ir mostrando o trabalho e agitando a pista, mas requer tempo. Por isso, a paciência para qe os resultados cheguem é primordial.

2 – Empatia

Pode ser algo preciso em todas as áreas, mas para quem depende unicamente do sentimento das pessoas, o DJ precisa entender que a empatia é essencial para o sucesso. Quando conseguimos entender o que cada pessoa busca através da música, o que ela espera sentir, fica muito mais fácil receber a empatia de volta, que é o combustível de um DJ.

3 – Ser antenado

É preciso sempre buscar novidades, dentro e fora do país, e sem se prender a estilos. Entender como as pessoas estão consumindo a música auxilia todo artista no momento de lançar um Single, e isso não é diferente para um DJ.

4 – Paixão pela música

Para ser DJ tem que amar música. E não a música do estilo A ou B. Um bom DJ tem referências musicais de diversos estilos, conhece a história de cada um e ama todo esse universo, sem exceção.

5 – Cursos e muito estudo

Não basta ser amante de música, ter paciência, empatia e estar totalmente antenado no mercado. Um DJ também precisa de muito estudo. Muita gente acha que para ser DJ basta ter um equipamento e uma pista cheia. Mixar é uma arte, e tem didática! Por isso, é preciso cursos e estudo, muito estudo para ingressar nesse mercado e ter chance nele. Até porque, é muito concorrido e dinâmico.

saiba como se tornar DJ

Boa sorte!!!

Espero que você tenha gostado!

Super beijo,

Respos

Compartilhar este post
dicas para ter mais sucesso

Oie,

É inevitável às vezes repensarmos em tudo o que fizemos. Os planos que colocamos em prática, os que ficaram no meio do caminho e aqules que nem mesmo tiramos do papel. Realmente é importante reorganizar a mente, o emocional e o corpo. Seja o objetivo passar em um concurso público, vestibular, organizar a vida sentimental e financeira, até mesmo emagrecer, ou parar de fumar. O importante é pensar em tudo que realizou, o que deu certo, e se programar para colocar em prática os outros desejos, sem frustrações, cobranças e tristezas.

Estar motivado e com vida organizada é fundamental para conseguir o sucesso. Valorize as coisas legais que você ja realizou este ano.

Mente sã, corpo são, é importante deixar de lado o estresse, a baixa autoestima, e qualquer sentimento ou pensamento de negatividade, é preciso mergulhar em si próprio, descobrir o que deu errado para acertar, às vezes a ansiedade, a dúvida e o estresse acabam levando a pessoa a se desequilibrar emocionalmente.

seja-mais-feliz-e-tenha-mais-sucesso

A hipnose é uma terapia focal e direcionada, uma forte aliada contra diversos males da atualidade, indicada para tratar estresse, baixa autoestima, depressão, pânico, fobias, ansiedade, medo, vícios e ajuda até mesmo a potencializar os estudos para provas de concursos e vestibulares.

Dicas:

1 – Tenha atitudes mais ousadas.

2 – Se aproxime mais de relações saudáveis, pessoas que colocam você pra cima.

3 – Acredite que é possível realizar seu sonho (passar no concurso, comprar um imóvel, casar, fazer uma faculdade, ter filhos, viajar para o exterior e etc). Crie estratégias e invista neles.

4 – Aprenda a administrar momentos de estresses e ansiedade.

5 – Aplique como exemplo o que deu certo, em time que se ganha não se mexe. Valorize as coisas boas que aconteceram com você durante este ano e busque novas realizações.

6 – Pare de se lamentar e deixe o passado, remoer o passado não traz nenhum benefício. Siga em frente tem muita vida esperando por você.

7 – Separe alguns minutos do seu dia para meditar, yoga ou praticar auto-hipnose. Busque a paz interior.

8 – Faça programas que relaxem e traga prazer.

9 – Viva um dia de cada vez, para que pressa?

10 – Valorize o que você tem de melhor, qual é o seu ponto forte?

11 – Esteja aberto a novos aprendizados.

12 – Saia da “zona de conforto”, movimente-se. Faça coisas diferentes para obter resultados diferentes.

13 – Cuide do corpo e pratique atividade física.

14 – Cuide da sua mente e de seus pensamentos, alimente a sua mente com pensamentos saudáveis. Quando estiver passando por momentos difíceis na vida, procure um psicólogo, ele pode te ajudar.

15 – Aumente as suas possibilidades de relacionamentos, a gente se constrói na relação com o outro.

dicas para ser mais feliz e ter mais sucesso

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

Compartilhar este post
dicas para mudar de carreira

Oie,

O número de profissionais que estão insatisfeitos com a carreira e que desejam fazer uma transição de mercado é impressionante.

No Brasil fazemos a nossa escolha de carreira muito antes de conhecermos o mercado de trabalho e entendemos com profundidade toda a complexidade que envolve tomar essa decisão. A maioria dos jovens escolhe o curso superior antes de completar 18 anos e antes de ter tido tempo e experiência de vida para fazer tal escolha.

8 dicas para fazer uma transição de carreira

Apesar de parecer um problema pequeno, já que ao escolhermos muito cedo, e sem grande bagagem para comparação fazemos, muitas vezes, a escolha errada e acabamos frustrados e infelizes em nossas profissões. O sucesso profissional exerce grande influência em nossa felicidade. Por isso, Dalton Morishita, headhunter na Trend Recruitment compartilhou 8 dicas indispensáveis para quem está procurando fazer uma mudança na carreira.

1 – Autoconhecimento: Não se vai muito longe em uma mudança profissional se não se dedicar um bom tempo e energia para o autoconhecimento. Em um momento de transição de carreira é importante ter em mente quais são suas competências, características, habilidades, comportamentos e personalidade. Mais do que isso, é indispensável saber o que te faz feliz e que tipo de pessoa você se orgulha de ser. Depois de mergulhar nessa fase de autodescoberta descubra como você pode usar cada uma dessas informações em sua vida profissional. A sua mudança de carreira deve estar alinhada ao seu propósito de vida e aos seus valores.

2 – Planejamento: A segunda dica é desenhar um planejamento de carreira. Saber o que deseja para a vida profissional pode parecer uma pergunta intimidadora, principalmente porque escolhemos nossa profissão muito cedo. Mas uma vez decidimos pela transição precisamos estar preparados. Fazer uma reserva financeira, deve ser uma de suas prioridades, uma vez que optando por começar de novo você certamente sofrerá um downgrade de cargo e salário. O tempo será um dos maiores desafios, já que a transformação não será de um dia para o outro. O profissional também precisa se preparar para investir em capacitação e aprimoramento de suas habilidades.

3 – Mercado de trabalho: Antes de bater o martelo sobre a mudança é importante observar o mercado de trabalho e o cenário econômico como um todo. A transição de carreira acontecerá de maneira mais suave quando o mercado estiver aquecido e a demanda por profissionais crescer. É claro que é impossível controlar cada detalhe, mas ficar atento a um timing mais favorável é uma maneira de aumentar suas chances de sucesso.

4 – Amplie sua chances: Ter uma poderosa e ativa rede de networking talvez seja a dica mais importante. Manter o networking aquecido, sem dúvida, é a melhor maneira de encontrar uma nova colocação no mercado e, portanto, é também a maneira mais fácil de criar pontes para a nova carreira. Comece com as pessoas mais próximas, amigos e colegas, pessoas com quem trabalhou no passado e até profissionais que já cruzaram a linha de chegada dessa transição profissional. A primeira camada da sua rede precisa saber quais são suas novas aspirações. Intensificar atividades nas redes sociais é o segundo passo.

5 – Que seja para melhor: Se é para mudar que seja para melhor. Não apenas a potencialidade de carreira e ganhos financeiros. A sua transição deve lhe trazer mais felicidade. Essa pode ser uma medida subjetiva de sucesso, mas qualidade de vida, sucesso e satisfação são fatores pessoais e cada um deve conhecer o seu. Certifique-se de que você está fazendo uma mudança para melhor e já que essa transformação é uma decisão pessoal, aproveite para adicionar mais equilíbrio em sua vida.

6 – Comemore as pequenas vitórias: Para mudar de carreira, o primeiro passo é escolher qual será a nova ocupação e se dedicar a investir em conhecimento técnico e requisitos para esse novo cargo. Como a transição é lenta, o profissional pode planejar a mudança em etapas e, tão importante quando ter foco e mirar alto é comemorar os pequenos passos e ser grato por cada conquista, por menos que seja. Depois de decidir sobre a nova direção, fracione as ações em passos menores. Essa é uma maneira muito inteligente de ver a mudança acontecendo mesmo antes da transição completa ocorrer.

7 – Certeza X Frustração: É fato que mesmo com tudo planejado algumas coisas vão dar errado e não vão acontecer na mesma medida de sua expectativa. Portanto, tenha convicção sobre sua decisão, mantenha o foco e aprenda a lidar com a frustração, não desista só porque obstáculos apareceram no meio do caminho. Quanto maior for sua segurança sobre a decisão que tomou, mais motivado você estará para continuar tentando mesmo diante de toda adversidade que possa surgir.

8 – Nunca é tarde: Não importa quantos anos você tem, quantas vezes recomeçou, quantos anos está na mesma área. Uma vez que a sua felicidade esteja em outro lugar não tenha medo de ir encontrá-la. Nunca é tarde! A zona de conforto é uma armadilha, uma ilusão. Para crescer na carreira, ou para ser feliz, precisamos de um relativo de estado de desconforto. Portanto, estar insatisfeito com a vida profissional talvez seja o seu gatilho para buscar a mudança e, finalmente, conquistar o que deseja.

Não tenha medo de mudanças, elas são parte importante de nossas vidas e carreiras.

como mudar de carreira

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

Compartilhar este post