dicas de como ir para as festas sem deixar de ser saudável

Oie,

Na maioria das vezes, uma festa se torna desculpa para abandonar a alimentação saudável, além de reforçar aquela promessa clássica de iniciar uma dieta depois que passar. Mas, não precisa ser assim.

De acordo com a nutricionista esportiva Ana Paula Pena, é possível aproveitar as guloseimas usando algumas táticas para manter uma alimentação inteligente e saudável.

No decorrer do dia de festa invista em alimentos ricos em fibras como chia, aveia e linhaça e em fontes de gorduras boas como abacate, coco e oleaginosas, que deixam o nosso organismo satisfeito por mais tempo.

Chá verde, gengibre, pimenta e canela são itens que auxiliam no metabolismo e não podem ser deixados de lado. No entanto, o que não deve ser consumido em excessos ou combinados na mesma refeição são carboidratos simples, como pães e massas de farinha branca e doces. Preencha a maior parte do prato com folhas, verduras e legumes, mais uma opção proteica.

saiba como se manter saudável durante as festas

Confira as próximas dicas para manter a disciplina sem deixar de aproveitar o banquete.

Antes

Esqueça aquela ideia de fazer jejum antes da festa para chegar com fome e atacar as comidas. afinal, este não deve ser o foco da noite, aproveite também este momento de carinho com os amigos e familiares. Alimente-se durante o dia como já é de costume, fazendo as refeições corretamente. E não deixe de praticar atividade física nesses dias.

As oleaginosas (castanhas, nozes, amendoim, entre outros) que costumam ficar dispostas à mesa são ótimas apostas por serem ricas em minerais, vitaminas e gorduras boas, mas sempre com moderação, pois nada em excesso faz bem.

Durante 

Na hora de escolher a bebida que vai acompanhar seu prato, tente sempre optar pelo vinho, que é rico em antioxidantes. Mas não se esqueça: antes de consuimir bebidas alcoólicas, como alguma coisa e, entre um brinde e outro, beba água. Na hora de sentar na mesa, o ideal é começar a refeição com uma generosa porção de salada, com verduras e legumes, que dão saciedade por conta da quantidade de fibras. Além disso, dê preferência a carnes magras, como as aves e faça trocas conscientes. Se  você quer saborear a sobremesa, é bom reduzir a quantidade de farofa, arroz e massas.

Depois

Após as festas, é hora de dar um respiro ao organismo e apostar em alimentos que ajudam a reduzir a retenção de líquidos e toxinas ingeridos. Água de coco, couve, melão, salsa e pepino são alguns dos alimentos recomendável para se livrar, principalmente do inchaço, causado pela retenção de líquidos e sódio. Pensando nisso, confira uma receta que pode ajudar nesse momento:

Ingredientes

1 folha de couve

150 ml de água de coco

1 fatia de melão

1 lasca de gengibre

1 limão espremido

1 puxado de hortelã

1 colher (sopa) de farinha de linhaça

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador ou em uma centrífuga até o suco ficar com uma consistência homogênea.

como se manter saudável

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

Compartilhar este post
como cuidar da hipertensão

Oie,

Segundo o nutrólogo Alexander Gomes de Azevedo, a beterraba, por exemplo, pode diminuir a pressão arterial.

Segundo o portal do EBC (Agência Brasil), estima-se que 32% da população adulta brasileira têm hipertensão. Desses 36 milhões, somente 50% sabem que são hipertensos, dos quais apenas 50% se tratam. A pressão 120 por 80 é considerada muito boa. Já acima de 140 por 90, a pessoa já é hipertensa.

alimentação de hipertensos

Embora não tenha cura, a hipertensão pode ser controlada através de acompanhamento médico e de mudanças de hábitos alimentares. Os seguintes alimentos devem ser evitados, pois aumentam a pressão arterial: Alimentos industrializados ricos em sódio: como linguiça, salaminho, salsichas, bacon, os chamados embutidos, frituras, molhos processados, refrigerantes, salgadinhos, entre outros.

 – Sal de mesa

 – Consumo excessivo de canela, como o próprio chá

 – Bebida alcoólica em excesso

 – Consumo excessivo de café

 – Consumo excessivo de chás com alto teor de cafeína, como o chá verde

 – Molho a base de soja presente em comidas chinesas

  Já alguns devem ser inseridos no cardápio, como:

Alimentos in natura, dentre esses:

 – Melancia, principalmente a parte branca que amamos de citrulina

 – Chuchu

 – Cereais integrais – aveia, quinoa

 – Abacate

 – Legumes no geral

 – Kiwi

 – Pimentão vermelhos

 – Beterraba fresca e seu suco

Os alimentos mais naturais são favoráveis a manter a pressão arterial normal, devido a quantidade de vitaminas e minerais presente e ao baixo nível de sal.

alimentação para hipertensos

Existem alimentos naturais que são potencializados e elevada pressão, mas acontece quando o seu consumo é altamente excessivo. Ao contrário dos alimentos industrializados ricos em sal e gorduras, que são propiciadores da elevação da pressão sanguínea. Equilíbrio é a chave do sucesso para manter a saúde do corpo normal e saudável.

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

Compartilhar este post
9 ALIMENTOS QUE SÃO AINDA MELHORES JUNTOS

Oie,

Que uma alimentação balanceada faz bem para o nosso organismo, todo mundo sabe, né? Mas você sabia que ao unir alguns alimentos, eles trazem ainda mais benefícios a nossa saúde? Segundo a nutricionista e pesquisadora Aline Quissak, existem alimentos que, quando consumidos juntos, acabam potencializando suas própriedades, e essa sinergia – combinação – faz muito bem para o nosso corpo.

Confira a seguir uma lista com 10 alimentos que são ainda melhores juntos do que separados, para que você possa inserir no seu dia a dia.

1 – Curcumina e Pimenta do Reino:

curcuma e pimenta do reino

A curcumina presente na cúrcuma (açafrão da terra) é um dos anti-inflamatórios naturais mais poderosos que existem. Mas infelizmente o nosso corpo não consegue absorver. E para isso precisa da piperina, encontrada na pimenta do reino, para potencializar sua absorção em mais de 1000x. Além disso, a melhor proporção para esse efeito é 3:1 (a cada 3 medidas de cúrcuma, uma de pimenta do reino).

Consumo recomendado: 1 colher de chá por dia de cúrcuma para efeitos medicinais dessa raiz.

2 – Banana e Nozes:

banana-com-nozes

A banana é queridinha das frutas: prática, simples, docinha e com preço acessível. Ela é muito importante para a saúde do coração e da musculatura, é muito importante para o pré treino, por dar energia, além do fósforo que auxilia no condicionamento cardiorrespiratório. Porém, sozinha a banana tem pontuação inflamatória no nosso corpo. Não significa que ela cause mal, como falamos ela tem muitos benefícios. A orientação é não comer ela sozinha. A melhor opção nesse caso é consumí-la com nozes, devido ao seu poder anti-inflamatório e a concentração de ômega 3. Assim, melhora a perfomance dos praticantes de atividades e a proteção do coração da população em geral.

Consumo recomendado: 1 banana + 3 nozes:

3 – Beterraba e Laranja:

beterraba e laranja

Você já deve ter ouvido que beterraba tem grandes quantidades de ferro, e é verdade. Se você tem anemia ou é vegano, saiba que o ferro da beterraba é chamado de “ferro não heme”, ou seja, um ferro não ativado. Por isso, quando adicionamos vitamina C, vinda da laranja ou do limão (se fizer suco use a laranja, se fizer salada opte pelo limão), ativamos o ferro que, aí sim, é absorvido pelo nosso organismo.

Consumo recomendado: Para cada 50g de beterraba, 10g de suco de laranja ou limão.

4 – Cacau e Frutas Vermelhas:

cacau e frutas vermelhas

Esses são dois alimentos que sozinhos já trariam muitos benefícios. Mas você sabia que quando unimos os antioxidantes do cacau com o ácido das frutas vermelhas (morango, amora, mirtilo, framboesa), temos uma proteção potente para o tratamento do câncer de mama? Por regular o estrogênio, essa combinação é ótima para mulheres com TPM intensificada.

Consumo recomendado: 100g de morango + 20g de chocolate 70% cacau.

5 – Damascos ou Tâmara e Coco:

tamaras, damasco e coco

Tanto o damasco quanto as tâmaras possuem um nível elevado de potássio e vitamina A. Quando unimos potássio + vitamina A + o TCM – que é a gordura do coco, ativamos as sinapses dos neurônios, melhorando a memória, o foco e a concentração.

Consumo recomendado: 2 damascos secos/tâmaras + 20g de coco seco.

6 – Shitake, Shimeji e Tomate Cereja:

shitake, shimeji e tomate

Os cogumelos têm as suas particularidades nutricionais, já que ele possui certos antioxidantes que não são encontrados em outros alimentos. O problema é que nem sempre conseguimos absorver essa quantidade de nutrientes. Para isso, unimos a eles a quercetina associada e licopeno do tomate cereja, que conseguem transportar nutrientes do shitake e Shimeji para o cérebro e para o coração. Para isso acontecer, eles precisam ser refogados por pelo menos 8 min.

Consumo recomendado: 1 xícara de chá (metade cogumelos e metade tomate cereja).

7 – Acerola e Melão:acerola e melão

Acerola é a fruta mais anti-inflamatória existente no Brasil. Sozinha, é poderosa aliada no tratamento de doenças como artrite, artrose, câncer (que não seja de estômago), depressão e até Alzheimer. Quando juntamos essa fruta ao melão, temos o efeito anti-inflamatório prolongado, graças a glutationa.

Consumo recomendado: Consumir as frutas de duas a três vezes na semana, para que elas tenham seu efeito durante a semana toda.

8 – Café e Óleo de Coco filtrado (TCM):

café com óleo de coco

O óleo de coco extravirgem possui, entre outras substâncias, uma gordura chamada TCM (triglicerideos de cadeia média), quando o filtramos (Lotus de coco), temos apenas o TCM isolado. Essa gordura é a única que não passa pelo fígado para ser metabolizado, passando direto para o sistema nervoso central. Por isso, quando unimos o TCM com a cafeína do café, ele carrega direto para o cérebro, dando energia rápida para quem consome a mistura. Essa não é uma mistura termogênica como muitos acreditam, é uma mistura para aumentar o rendimento nos treinos ou dar um “up” em quem está cansado.

Consumo recomendado: Para cada xícara (80ml) uma colher de café (5ml). Não recomendado para quem sofre de ansiedade.

9 – Linhaça e Semente de Abóbora:

linhaça com semente de abóbora

As sementes são uma estratégia usada pelos nutricionistas para regular o ciclo da mulher. A linhaça já é uma “superfood“, mas quando consumimos junto com a semente de abóbora, ela cria um equilíbrio entre progesterona e estrogênio para melhorar o humor e disposição no início do ciclo de menstruação.

Consumo recomendado: 1 colher de sopa de cada, do primeiro ao 15 dia, a partir do início da menstruação.

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

Compartilhar este post
alimentos que fazem bem ao coração

Oie,

Uma dieta saudável não precisa ser chata ou sem graça. Abaixo você vai conhecer os alimentos que podem deixar seu coração feliz e saudável ao mesmo tempo. Veja:

1 – AVEIA: Comece o seu dia com uma tigela de mingau de aveia, que está lotada de ácidos graxos ômega-3, folato e potássio. Este super alimento rico em fibras pode reduzir os níveis de colesterol LDL (o ruim) e ajudar a manter as artérias limpas.

Opte por flocos de aveia ou farelo de aveia ao invés das opções instantâneas – que contém mais fibra e adicione mais 4 gramas de fibra com uma banana.

Aveia

2 – SALMÃO: Rico em ácidos graxos ômega-3, o salmão pode efetivamente reduzir a pressão arterial e manter as artérias limpas. Consuma 2 porções por semana, o que pode reduzir o risco de sofrer um ataque cardíaco fulminante em até um terço.

O salmão contém o carotenoide astaxantina, que é um poderoso antioxidante. Mas não se esqueça de escolher o salmão selvagem ao invés do salmão de criadouro, pois este pode conter inseticidas, pesticidas e metais pesados.

Não é fã de salmão? Outros peixes oleosos como a cavala, o atum, o arenque e as sardinhas irão proporcionar os mesmos benéficos para o seu coração.

salmão

3 – NOZES: Nozes estão cheias de ácidos graxos ômega-3 e, juntamente com amêndoas e macadâmias, estão carregadas com gordura mono e poli-insaturada. Além disso, as nozes aumentam a fibra na dieta e, assim como o azeite de oliva, elas são uma grande fonte de gordura saudável.

nozes

4 – AZEITE DE OLIVA: Cheio de gorduras monoinsaturadas, o azeite de oliva diminui o colesterol LDL (o ruim) e reduz o risco de desenvolver doenças cardíacas.

Alguns estudos analisaram as incidências de doenças cardiovasculares em todo o mundo, mostraram que, enquanto os homens tinham uma predisposição para níveis elevados de colesterol, relativamente poucos morreram de doenças cardíacas, pois suas dietas tinham muitas gorduras saudáveis encontradas no azeite de oliva.

Opte pelos azeites extra virgem ou virgem – eles são os menos processados e use-os no lugar da manteiga para cozinhar.

azeite de oliva

5 – LINHAÇA: Cheio de fibra e ácidos graxos ômega-3 e ômega-6, uma pequena quantidade de linhaça pode fazer muito bem para o seu coração. Adicione a uma tigela de mingau de aveia ou de cereais integrais um pouco de linhaça em pó para ter um café da manhã benéfico para o seu coração.

linhaça

6 – BAGAS: Os mirtilos, framboesas, morangos – independentemente qual seja a sua favorita, estão cheios de anti-inflamatórios, que reduzem o risco de doenças cardíacas e câncer. Amoras silvestres e mirtilos são ótimas. Todas as bagas são ótimas para a saúde vascular.

bagas

7 – ESPINAFRE: Espinafre pode ajudar a manter o seu coração em ótima forma graças à luteina, folato, potássio e fibra.

Mas impulsionar as suas porções com qualquer tipo de vegetal irá com certeza trazer benefícios para o seu coração. Um estudo examinou homens sem doença cardíaca por um período de 12 anos.

Aqueles que comeram pelo menos 2,5 porções de vegetais todos os dias reduziram o risco de doença cardíaca em cerca de 25% em comparação com aqueles que não consumiram nenhum vegetal. Cada porção adicional reduziu o risco em mais de 17%.

espinafre

8 – LEGUMINOSAS: Encha-se de fibra com lentilhas, grão-de-bico, feijão preto e feijão carioca. Eles estão repletos de ácidos, graxos ômega-3, cálcio e fibras solúveis.

leguminosas

9 – ABACATE: Adicione à sua dieta um pouco de abacate através de sanduíches ou saladas de espinafre para aumentar a quantidade de gorduras saudáveis para o coração. Lotado de gordura monoinsaturada, o abacate pode ajudar a diminuir os níveis de colesterol LDL, aumentando a quantidade de colesterol HDL no seu corpo.

abacate

10 – SOJA: Os grãos de soja pode reduzir o colesterol e, por possuir um baixo teor de gordura saturada, ainda é uma grande fonte de proteína magra para uma dieta saudável para o coração.

Procure por fontes naturais de soja, como edamame, tempeh ou tofu orgânico. O leite de soja é uma grande adição a uma tigela de mingau de aveia ou cereais integrais.

Mas tome cuidado com a quantidade de sal na sua soja: algumas variedades processadas como salsichas de soja podem conter adição de sódio, isso aumenta a pressão arterial.

soja

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

 

Compartilhar este post