dicas para ter as unhas mais saudáveis
,

Oie,

Andrea Maciel, artista da Singu – marketplace de beleza e bem-estar, compartilhou dicas de cuidados com as unhas que são indispensáveis para mantê-las saudáveis no frio.

O inverno já passou, mas ainda temos dias de muito frio. Não só o clima, como os banhos mais quentes e a redução de quantidade de água consumida no dia, são fatores que favorecem o ressecamento da pele.

dicas para ter as unhas perfeitas

Confira algumas dicas de cuidados:

Aplicar óleo de cravo da índia: Aplique uma gota diretamente na cutícula e massageie bem até o óleo sumir, envolvendo cutículas, unhas e dedos. O ideal é que seja aplicado diariamente.

Creme hidratante com FPS: Tenha sempre com você um creme com filtro solar e reaplique inúmeras vezes durante o dia. A maioria das pessoas esquecem que é importante proteger as mãos dos efeitos do sol, mesmo nos dias frios.

Esfoliação: A esfoliação das unhas ajuda a eliminar as células mortas e ativa a renovação dos organismos. É possível fazer o seu próprio esfoliante em casa usando apenas açúcar e mel.

A hidratação mais importante do corpo vem de dentro pra fora, consumindo bastante água durante o dia. Existem hoje no mercado inúmeros produtos diferenciados para cuidados com unhas e cutículas, como ceras, canetas hidratantes, óleos e bases. É preciso cuidar da saúde das unhas, para mantê-las sempre bonitas e saudáveis.

dicas para ter as unhas mais bonitas

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

saiba o que pode prejudicar os seus dentes

Oie,

Você sabia que alguns sucos e a forma como higienizamos os dentes podem causar doenças na gengiva e até estragar os dentes?

O cirurgião dentista, Dr. Andrey Santos, compartilhou os principais hábitos que podem prejudicar os dentes e a saúde bucal que nós não sabemos.

O sorriso bonito é um dos principais fatores para uma autoestima plena, pesquisas apontam que pessoas com dentes “perfeitos” são mais felizes. O sorriso dos sonhos depende de como você cuida dos dentes no dia a dia.

O que muita gente desconhece é que alguns hábitos diários podem ter consequências sobre nossa saúde bucal, os nossos dentes são extremamente sensíveis, um simples hábito indevido pode ameaçar o sorriso.

Na correria dos tempos modernos, muitos esquecem da importância de fazer uma higiene bucal adequada e acabam deixando aquela escovação mais caprichada para depois.

Muitas doenças bucais envolvem bactérias como causa principal. Portanto, uma boa escovação não só ajuda a conquistar um bom hábito, como também previne a proliferação de micro-organismos.

Um sorriso impecável requer, acima de tudo, disposição, tempo e principalmente atenção ao que colocamos na boca. Nem todo produto disponível no mercado para higiene bucal é confiável, se não for conhecido consulte um profissional, ele irá explicar a composição e se é recomendável para todo tipo de dente.

saiba o que pode prejudicar o seu dente

Palitar os dentes: Embora estejam espalhados por todos os restaurantes, os palitos de dente são usados ao final das refeições por muitas pessoas. A prática deveria ser abolida de uma vez por todas, já que o palito traz mais prejuízos do que vantagens para a limpeza dos dentes.

Palitos de dente não limpa, muito pelo contrário, ele pode gerar perdas substanciais de estrutura dental, desgastando o esmalte, além de machucar a gengiva. Isso, aliás, pode causar a sua retração e expor a raiz dos dentes. O correto é usar o fio dental.

Sucos ácidos: Isso não é novidade, todo mundo sabe que frutas cítricas como laranja e limão são ricas em vitamina C, nutriente que ajuda a fortalecer as defesas naturais do organismo e nos protege de uma série de enfermidades.

Parece uma ideia boa, então, tomar muitos copos de suco para escapar das gripes e resfriados, não é mesmo? Em teoria sim, mas na prática, a ingestão excessiva de sucos cítricos contribui para a desmineralização do esmalte dos dentes, como no caso dos refrigerantes, devido à acidez natural das frutas cítricas.

E quanto aos sucos industrializados, com baixa acidez? Neste caso, os riscos são outros, mas igualmente prejudiciais para a saúde bucal. Precisa ter atenção aos sucos industrializados, que atualmente é o mais consumido no Brasil, pois contém muito açúcar e corantes, tornando-se um vilão para os dentes, ou seja, o consumo exagerado pode levar a lesões cariosas e manchamento nos dentes.

Nadar em piscina: Sim, as piscinas também exigem cuidados na hora de dar aquele mergulho, para controlar o pH da água é inserido muito cloro, porém não precisa excluir a natação das suas atividades, basta seguir algumas orientações. Um estudo concluiu que as cáries de nadadores são notoriamente piores.

O cloro eleva a acidez da água e se houver descuido do pH da piscina ele pode danificar o esmalte dos dentes.

Entre os sintomas deste problema estão o surgimento de dentes amarelados ou transparentes e dores durante a mastigação.

Escovar os dentes com uma pasta rica em fluor e fazer um enxague bucal com fluor de duas a três vezes por semana, sempre que for para a piscina, ou tiver contato com água clorificada.

saiba como cuidar do seu sorriso corretamente

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

dicas importantes para alongamento capilar

Oie,

Avaliar previamente a condição dos fios naturais é um dos principais requisitos para o sucesso do procedimento.

Os cortes curtos têm feito à cabeça de muitas famosas nos últimos tempos, porém os cabelos compridos continuam no coração de muitas mulheres. Por isso, pessoas que gostam dos fios longos, mas por algum motivo não conseguem atingir o tamanho ou simplesmente querer aderir a uma mudança de look, recorrem ao alongamento capilar.

Porém, antes da aplicação das extensões é necessário ter conhecimento de alguns pontos para que a escolha seja bem feita, a fim de evitar problemas futuros. Ana Paula Silva, coordenadora do centro especializado em alongamento capilar Capelli Divine, compartilhou quatro dicas para você saber o que levar em consideração antes do procedimento.

dicas para quem quer aderir ao alongamento capilar

Confira:

1 – Escolha fios parecidos aos naturais: Essa parece ser uma dica banal, mas que merece atenção. Muitas mulheres cometem o erro de escolher extensões que não sejam compatíveis com o cabelo natural, ficando com um resultado longe do esperado. Esse primeiro passo é muito importante, pois a escolha correta do alongamento levará a um efeito mais harmonioso.

2 – Avaliação dos fios naturais: O profissional precisa avaliar a condição dos fios naturais. É necessário levar em consideração a técnica que será empregada e também o peso dos fios. Não adianta forçar o procedimento num cabelo fragilizado. O resultado imediato pode ser bom, mas não será duradouro e a pessoa pode ter complicações no futuro.

3 – Manutenção: Todos os tipos de alongamento precisam de manutenção, que podem ter um intervalo de 2 a 3 meses. Entre cada manutenção é importante manter certos cuidados diários, como: pentear sempre antes de dormir, para evitar a formação de nós, usar produtos adequados, de preferência com fórmulas sem sal e fazer hidratações semanais.

4 – Lavar corretamente: Com o alongamento é preciso ter ainda mais atenção e cuidado no momento da higienização dos cabelos. Desembaraçar os fios com as pontas dos dedos antes de lavar é uma boa dica para evitar problemas no momento de condicionar.

dicas para ter um alongamento capilar

Essas são algumas dicas que podem fazer com que a paixão por madeixas compridas só aumente. As mulheres têm que contar com o alongamento de cabelos como uma opção e não se tornarem escravas dele. É fundamental cuidar para que o cabelo esteja tão bonito e saudável como a extensão.

Esper muito que você tenha gostado!

Super beijo,

dicas para viajar com o pet

Oie,

Conheça os cuidados necessários para viajar com os animais de estimação.

Juliana Oliveira de Camargo, médica veterinária do hospital Dog Saúde, afirma que os animais podem viajar tranquilamente, basta que os cuidados necessários sejam tomados.

Atualmente, algumas companhias aéreas disponibilizam um certo número de vagas para animais nos vôos. Os tutores apenas precisam se informar e seguir determinadas regras, como apresentar a documentação de vacinação e providenciar a higienização correta.

saiba como viajar com o pet com seguranca

Animais devem ser acostumados a viajar desde filhotes: Todos os animais podem ser transportados, mas o ideal é que eles comecem a viajar desde cedo, assim, se acostumam melhor com o movimento que ocorre durante o caminho.

É importante que eles sejam levados dentro de caixas de transporte, para que possam ficar mais seguros.

Pets precisam passar por um checkup no veterinário antes de viajar: Com o transporte apropriado, é possível levá-los em carros, ônibus e aviões. No entanto, devemos ficar atentos, pois há animais que podem apresentar enjoo e vômitos.

Caso o animal faça uma viagem de carro, é preciso observar como ele está agindo, se há alguma alteração no seu comportamento, com estado de agitação ou estresse.

Se possível, recomenda-se parar diversas vezes ao longo do caminho, para que ele possa fazer as suas necessidades, tomar água e se alimentar. Os tutores podem dar remédios para acalmar o animal, quando necessário.

saiba como viajar com o pet

Uma boa maneira de evitar que eles enjoem é passar antes em um médico veterinário para ele avaliar o animal e indicar a medicação mais adequada para o caso dele.

As pessoas não devem viajar sem ter levado o seu pet para fazer um checkup antes, o que pode evitar surpresas desagradáveis. Muitos lugares não possuem médicos veterinários e nem hospitais veterinários 24 horas à disposição, dificultando assim o atendimento.

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,