Oie,

Dormir melhor significa ter uma vida mais saudável, o que impacta na reposição de energia para as demandas do dia a dia, assim como na melhora do humor e na qualidade da saúde mental. O tema, que parece simples, é um sofrimento para um terço da população brasileira. 

Atualmente somos 73 milhões de brasileiros que sofrem com problemas de insônia, segundo a Associação Brasileira do Sono.

Da insônia no curto prazo, causada por stress ou algum evento traumático, até o problema crônico, quando as pessoas já estão há, no mínimo, três meses sem dormir direito, que pode ser ocasionado por dores ou alterações psicológicas, como depressão ou ansiedade, o fato é que este mal pode ser amenizado com mudanças de hábitos que mantemos durante o dia.

A Dra. Verena Senn, PHD em neurociência, especialista em sono e Expert Research na Emma Colchões Brasil, statup global voltada à tecnologia do sono, diz que temos rotinas diárias que nem imaginamos o quanto impactam na nossa noite ao dormirmos, comprometendo o sono revigorante que precisamos ter para enfrentarmos cada novo dia de forma disposta e saudável. 

Confira 5 dicas de comportamentos diários que impactam numa boa noite de sono:

 – A primeira dica é evitar tomar café após ãs 15h. A cafeína fica até 12 horas presente no nosso organismo, podendo atrapalhar o relaxamento do corpo na hora de dormir.

 – O consumo de bebidas alcóolicas, apesar de darem uma sensação de sonolência, suprime uma importante função do sono, que é arrumar as memórias e os conhecimentos adquiridos durante o dia.

 – Alimentar-se perto da hora de dormir pode causar desconforto e refluxo. Evite também chocolates escuros à noite, que aumentam  a concentração, assim como os abacates, que deixam nosso corpo em estado de alerta em função da melhora na absorção dos nutrientes em virtude dos níveis de gordura saudáveis que ele concentra. Outros alimentos que nos mantém mais acordados são a banana e o iogurte, que ajudam a combater a fadiga e criam uma explosão de energia no corpo após comemos. Evite-os!

 – Um alimento que ajuda no sono é o arroz branco, uma escolha muito popular para o jantar. O carboidrato, somado a nutrientes como folato e manganês, resulta numa combinação de elevado índice glicêmico, aumentando a qualidade do sono. As amêndoas, assim como o leite, também são ótimos nutrientes para aumentar os níveis de melatonina, trazendo uma noite de sono mais profunda e prolongada.

 – Na hora de dormir, há alguns fatores que devemos levar em consideração, como a temperatura do ambiente, a exposição à luz e, por último, mas não menos importante, a qualidade do colchão. As temperaturas elevadas prejudicam a qualidade do sono, sendo o ideal manter um ambiente perto dos 19 graus. Já a exposição à luz intensa, como a luminosidade de um aparelho de televisão ou o celular, que virou o livro de cabeceira das pessoas, interferem na produção de melatonina, atrapalhando na indução do sono. Quanto ao colchão um cama adequada é sinônimo de um sono perfeito. A firmeza de um colchão, associado a materiais respiráveis, que permitam a diminuição da temperatura do corpo, assim como as espumas que contornam o corpo, mas ao mesmo tempo dão apoio ergométrico, são dicas essenciais para um sono profundo e revigorante.

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

Compartilhar este post

Oie,

Não adianta, sempre vai ser mais fácil apontar uma pendência da empresa que você trabalha, do que reconhecer a sua pendência profissional.

Tapar os olhos para as suas próprias ações podem te colocar numa zona de conforto e impedir que você suba degraus na vida profissional.

O consultor e sócio diretor Netas Treinamento & Desenvolvimento, Fabio Abate compartilhou com a gente algumas pequenas escolhas e atitudes do dia a dia, que impedem que a sua tão desejada promoção aconteça.

ZONA DE CONFORTO

Muitas pessoas estudam muito ao longo de suas vidas, mas ao conquistarem o tão sonhado emprego, acham que já estão sabendo o suficiente e não precisam estudar mais. Independente da sua área de atuação, busque sempre se aprimorar.

Todos os dias muitas coisas se reinventam, inovam e mudam absolutamente. É preciso estar antenado e se adequar aos novos métodos do mercado para aprimorar a qualidade do seu trabalho e abraçar novos clientes.

RECLAMAÇÃO

Se está disposta a apresentar um problema, esteja disposto a apresentar uma solução.

De que vale uma reclamação sem proposta de mudança? Quando você for reclamar de algo que acontece na sua empresa, lembre-se de tomar cuidado com a sua postura e entonação e proponha mudanças relevantes para todos.

NÃO DEIXE DE EXPOR SUAS OPINIÕES E IDEIAS POR MEDO DE NÃO AGRADAR A TODOS

Você precisa mostrar que tem potencial e que pode fazer diferença na empresa. Se você ficar quieto para manter amizades, sempre será um amigo respeitado e nunca um bom líder.

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

Compartilhar este post

Oie,

O hábito é essencial para ter uma vida equilibrada. O autoconhecimento pode ser o primeiro passo para alcançar o bem-estar diário.

Cuidar do corpo, da alimentação e da vida profissional de nada vale se não há uma saúde mental equilibrada.

O Ministério da Saúde aponta que, entre 2015 e 2018, os atendimentos do SUS ligados à depressão aumentaram em 115% entre jovens de 15 a 29 anos. Não é à toa a doença é considerada o “mal do século 21” e um dos problemas mais recorrentes, junto do estresse e da ansiedade.

A Stéphane Brasil diretora dos Seminários Insight – processos educativos de desenvolvimento do potencial humano, disse que deve-se cuidar e ficar atento com a saúde mental durante todo o ano, porque ela está diretamente ligada ao bem-estar geral. O equilíbrio entre emoção, corpo e mente é essencial para uma vida sã e com menos propensão a desenvolver problemas psicológicos e alterações emocionais.

Perigos do dia a dia

Depressão, transtorno de ansiedade e estresse, apesar de não serem problemas novos, se intensificaram com a rotina da vida moderna e se tornaram grandes incapacitantes. Situações cotidianas, como trânsito excessivo, trabalho, finanças e falta de tempo podem afetar a saúde psicológica do indivíduo.

É preciso estar atento aos sinais que o corpo dá para identificar o problema e a melhor solução para ele. Cansaço excessivo, insônia, falta de apetite e alterações repentinas de humor podem ser sintomas de que o corpo e a mente estão saturados. Por isso, vale fazer uma autoavaliação de como está sua rotina pessoal e dedicar um tempo a si mesmo para reverter o quadro

Não cuidar da saúde mental pode trazer graves consequências: do estresse à depressão, e até mesmo, em casos extremos, problemas cardíacos e cerebrais, como o acidente vascular cerebral (AVC).

Cuidado da mente

Para cuidar da saúde mental, você pode desenvolver ferramentas e habilidades práticas para alcançar mais equilíbrio e sucesso pessoal e profissional. Um pontapé inicial para cuidar da mente é se autoconhecendo, um processo que exige coragem para olhar para dentro, enxergar o que funciona e o que não funciona e decidir o que fazer a partir disso.

A partir da autoconsciência, é possível modificar atitudes e hábitos que não nos apoiam, além de aproveitar melhor as oportunidades. Isso porque passamos a ter mais consciência de nós mesmos e de todo nosso potencial como ser humano.

Nos tornamos mais capazes de lidar com sentimentos, emoções em diferentes situações na quais nos encontramos. O autoconhecimento não acontece como um passo de mágica ou um milagre. É um processo. Não acontece de um dia para o outro e tampouco tem fim. Por isso, é importante, de tempos em tempos, fazer uma avaliação pessoal para entender, como estou hoje e como quero estar. Se trata de uma auto-observação ativa e constante.

Confira algumas dicas para ter mais equilíbrio emocional e melhorar sua saúde mental por meio do autoconhecimento:

1 – Concentre-se em sua própria vida. Não se compare com outros, principalmente nas redes sociais;

2 – Aceite os seus limites. Não se cobre tanto.

3 – Foque no que é positivo, principalmente os pensamentos;

4 – Seja gentil como você mesmo (a). Não se julgue, culpe ou machuque;

5 – Pratique exercícios físicos para diminuir o estresse diário;

6 – Durma bem, com uma média de 6h a 8h de sono;

7 – Reserve um momento para estar somente com você todos os dias. Pode ser um tempo em silêncio, um espaço para meditar ou mesmo fazer um balanço de como foi o dia. Dar atenção a você mesmo é a primeira forma de autocuidado.

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

Compartilhar este post