dicas para melhorar a saúde mental

Oie,

O Brasil é o país mais depressivo da América Latina com 5,8% da população diagnosticada com a doença. Além disso, nós também somos os campeões mundiais no ranking de ansiosos, com 9,3% dos brasileiros manifestando o quadro.

Os transtornos mentais são responsáveis por mais de um terço do número total de incapacidades nas Américas. Neste cenário, Dayane Fagundes, psicóloga chefe do FalaFreud, principal plataforma de terapia online, afirma que todos precisam cuidar da saúde mental.

Todos devem investir na terapia, quem tira um tempo para refletir, entender a si mesmo e aos outros, consegue tomar decisões mais assertivas, se fortalece e prospera.

São as emoções que trazem motivações para agir, criar e tomar decisões e quando não estamos bem emocionalmente, nosso corpo começa a sentir todo esse estresse trazendo dores e cansaço. Ainda assim, o investimento na saúde mental é costumeiramente deixado para trás, atropelado pelas demandas da correria do dia a dia.

A quantidade de pessoas que procuram ajuda porque conseguiram tudo o que queriam, mas não são felizes, é procurante. Elas vivem correndo atrás de ter conforto e uma vida melhor, mas esquecem de olhar para dentro. Por isso, investir em sua saúde mental deveria ser uma das principais prioridades do nosso cotidiano.

dicas para cuidar da saúde mental

Desta forma, a terapeuta compartilhou com a gente algumas dicas para cuidar da saúde mental diariamente sem prejudicar a rotina:

1 – Cuidado com o excesso de informações: Em um mundo tecnológico, é muito fácil se deparar com uma grande quantidade de informações. Mas, as vezes, esse grande fluxo pode deixar as pessoas mais cansadas e confusas, especialmente quem tem ansiedade. Assim, é indicado administrar o tempo nas redes sociais e selecionar aquilo que deseja ver. Ajuda focar em conteúdos construtivos e que fazem bem.

2 – Conheça o que te motiva: Quando estamos alinhados com a nossa essência, mesmo passando por momentos difíceis, encontramos o caminho. O autoconhecimento é um processo que traz reflexões constantes onde o indivíduo não esquece de si mesmo e não se perde tão facilmente dos próprios valores. Então, saber o que traz alegria e curtir os pequenos bons momentos pode fazer a diferença na hora de encarar um dia ruim.

3 – Cuide dos pequenos hábitos: Pode não parecer, mas dormir bem, se alimentar de forma saudável, fazer exercícios físicos e reduzir o tempo na internet são hábitos que impactam na saúde mental. Desta forma, procure não usar o celular pelo menos 2 horas antes de dormir, por exemplo. Meditar aproximadamente 5 minutos antes de ir para cama e ao acordar também é uma boa prática.

4 – Faça uma pausa: Parar 5 minutos no meio de um dia estressante e ouvir uma meditação, respirar, reprogramar seus pensamentos, pode ajudar. Hoje em dia, temos a sensação que nunca temos tempo suficiente para fazer o que precisamos. Porem, se você para 5 minutos e pede para seu corpo reagir, se acalmar e criar a energia que você precisa, ele simplesmente obedece.

5 – Procure um terapeuta: A terapia não é apenas para quem precisa de ajuda, ela auxilia a aprimorar o autoconhecimento e passar por dias ruins de forma mais tranquila. Para quem não tem tempo de se dirigir até um consultório de psicanálise, existem as plataformas online que atendem, inclusive, pelo celular.

saiba como cuidar da saúde mental

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

dicas-para-cuidar-do-pet-idoso

Oie,

O tempo passa para todos, inclusive, para nossos amigos peludos. Donos de uma euforia e vitalidade sem igual, quando a idade chega aos cães, aos poucos as brincadeiras ficam mais espaçadas e o ritmo um pouco mais lento. No fundo, se avaliarmos bem, eles voltam a fase inicial de bebês, devido ao vível de cuidado que precisam e a delicadeza de suas reações.

saiba como cuidar do seu cão idoso

É difícil estabelecer exatamente quando os cães entrarão na fase senil, visto que as raças maiores maiores a atinge por volta de seus sete ou oito anos, enquanto as menores podem demorar um pouco mais e são considerados cães idosos a partir dos seus 10 anos de idade. De toda maneira, para que seu pet passe por esta etapa da melhor maneira possível, priorizando sempre sua saúde e bem-estar, alguns pontos merecem mais atenção.

1 – Manutenção do peso

O ideal para a alimentação balanceada de um cão idoso são alimentos classificados como sênior. São animais menos ativos, portanto precisam de uma alimento menos calórico para evitar o ganho de peso e, consequentemente, dificultar a locomoção pela sobrecarga nos ossos e músculos.

2 – Evite tártaro nos dentes

É importante mater a escovação dos dentes do seu pet em dia, porém, se ele não for acostumado desde pequeno, dificilmente conseguirá fazer. Caso não seja possível, pelo menos evite dar alimentos que não sejam os apropriados para eles, pois o tártaro é inevitável com a idade e pode acarretar em outras doenças. É possível fazer a remoção do tártaro, ma isso envolve um processo anestésico e pode resultar ainda na perda parcial dos dentes.

3 – Incentive-o a beber água

Isso é válido para todas as idades, porém, como os cães idosos tendem a fazer menos exercícios, pode ser que não procurem água com tanta frequência. É preciso observar.

4 – Visite regularmente um médico veterinário

O ideal é levar seu pet a cada seis meses a uma consulta para manter os exames em dia e avaliar o peso e demais características físicas que possam indicar o aparecimento de alguma doença relacionada a idade.

5 – Atividades físicas diárias

Essas atividades podem ser resumidas a pequenos passeios em horários que a temperatura esteja mais baixa, logo pela manhã ou no fim da tarde. O tempo recomendado é de no máximo 30 minutos. Nesse período ele pode se socializar com outros cães e manter-se ativo, afastando o risco da obesidade.

6 – Brincadeiras e afeto

Embora a energia não seja a mesma de antes, é fundamental incentivar seu cão a brincar e dedicar algumas horinhas de atenção e carinho. Assim evita-se a tristeza e a apatia.

7 – Mantenha os móveis da casa na mesma posição

Isso evita acidentes, já que o cachorro passa a ter uma visão prejudicada ou até mesmo perdê-la. Se os móveis e pertences do animal ficarem sempre no mesmo lugar, ele é capaz de encontrá-los mais facilmente.

Mas de todas as dicas, talvez a mais importante seja essa: tenha paciência. Cuidar de um animal idoso requer muita força de vontade e dedicação. É preciso lembrar que assim como nós quando atingimos a velhice, eles voltam a se comportar e demonstrar as mesmas necessidades de quando eram pequenos. No fim das contas todo o esforço vale a pena, pois a amizade e o amor são incondicionais.

como cuidar dos cachorros idosos

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

dicas para cuidar da pele no iverno

Oie,

Conhecido como a temporada da renovação, o outono é o período do ano marcado pelas temperaturas amenas e pela queda da umidade relativa do ar. A mudança de estação é sentida no corpo, sobre tudo na pele, que demanda alguns cuidados especiais para se manter hidratada durante o período. A esteticista Aline Morais, compartilhou com a gente algumas dicas simples e práticas para manter a saúde da pele em dia durante a estação.

dicas para se cuidar no outono

Limpe a pele e use filtro solar

Essa é uma das dicas mais importantes. Nesta etapa, você pode apostar em sabonetes específicos para o seu tipo de pele. No entanto, para reunir várias funções em uma só e fazer uma limpeza suave e, ao mesmo tempo, profunda, a melhor opção é utilizar água micelar com algodão. Além de eliminar a oleosidade no inicio do dia e remover toda a maquiagem no final dele, a água micelar ainda hidrata e reequilibra a derme em um único passo. Depois, para finalizar, aplique o protetor solar, mesmo se o dia estiver nublado ou chuvoso. Ele cria uma barreira de proteção contra os raios UVA e UVB, impede o surgimento de áreas escurecidas no rosto, evita o envelhecimento precoce e previne contra problemas mais sérios, como o melasma, por exemplo.

Hora do banho, que hora mais feliz!

O banho é um dos momentos ideais para cuidar da pele. Isso porque o chuveiro deixa os poros abertos e prontos para uma limpeza rápida e prática. Para isso, utilize sabonetes específicos para o rosto.

Faça esfoliação

Essa é uma outra dica importante. A técnica remove as células mortas, desobstrui os poros e deixa a derme mais jovem. O passo a passo é bem simples: aplique o esfoliante na pele limpa e úmida, fazendo movimentos leves e circulares com a pontinha dos dedos até que o produto seque. Para saber quantas vezes deve investir nesse tratamento, considere o seu tipo de pele. As oleosas podem fazer a esfoliação até duas vezes na semana, as secas, de 15 em 15 dias e as normais e mistas uma vez a cada sete dias.

Durma com máscara de hidratação

Escolha uma máscara específica para o seu tipo de pele e a aplique massageando todo o rosto com a ponta dos dedos. Depois, se prepare para o sono de beleza e deixe o produto agir. Pela manhã, você já vai sentir sua pele bem mais hidratada, sedosa e com uma luminosidade natural que vai deixar sua maquiagem básica do dia a dia ainda mais bonita.

Atenção à região dos olhos

Uma ótima dica para evitar olheiras e inchaço na região dos olhos é fazer uso de gel ou sérum em roll-on. Por causa da esfera metálica na ponta, ela cria uma sensação gelada que desincha as bolsas da região imediatamente, além de também contar com uma fórmula rica em ativos que tratam as linhas finas da idade e eliminam o aspecto escurecido. O passo a passo é o seguinte: aplique o produto pela manhã, depois de higienizar o rosto, passando sua esfera metálica delicadamente por toda a região dos olhos. Depois, aguarde a total absorção do gel para seguir com as demais etapas da sua rotina de cuidados.

Cuide dos lábios

Não é só a pele que precisa de esfoliação, o procedimento também é indispensável para deixar os lábios livres de ressecamento e das desagradáveis “pelinhas” que comprometem o acabamento do batom. Reserve um domingo a cada 15 dias para investir nessa técnica com esfoliante labial. Faça leves movimentos circulares para que a boca não acabe arranhada pelas pequenas esferas esfoliantes. Depois, é só finalizar com um hidratante labial e sair para arrasar!

dicas essenciais para o outono

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

5 dicas para se recolocar no mercado de trabalho

Oie,

Em um mercado cada vez mais exigente, é fundamental investir no planejamento.

O ambiente corporativo está cada vez mais exigente. As empresas passaram a diminuir o fluxo de contratações para investir em profissionais multitarefas altamente capacitados. Ou seja, aqueles que seguem em busca de um trabalho tendem a sentir insegurança. Por outro lado, situações como esta pedem calma para conseguir analisar todas as possibilidades e planejamento a fim de estar apto a atingir os objetivos traçados.

saiba como se recolocar no mercado

Pensando em incentivar a trajetória de pessoas a procura de um novo cargo, Ivan Corrêa, sócio-diretor da Posiciona Educação & Desenvolvimento, compartilhou com o GC as cinco principais dicas de recolocação no mercado de trabalho. Confira:

Defina as prioridades

Para ter sucesso em uma recolocação, é fundamental traçar os objetivos de carreira a fim de definir as prioridades profissionais e, consequentemente, facilitar o processo de concentrar os esforços em oportunidades adequadas ao perfil do trabalhador. Neste caso, o ideal é refletir sobre a trajetória individual com o intuito de avaliar conquistas, pontos negativos e aprendizagens.

Seja atrativo

O currículo é a porta de entrada para as organizações. Neste contexto, excelentes profissionais são descartados no processo de recrutamento por apresentarem um conteúdo em desacordo com a oportunidade de emprego. Na prática, o material deve ter um design clean com, no máximo, duas páginas que destacam as experiências mais relevantes para a posição a ser aplicada. Outra sugestão que faz a diferença nesta ação é utilizar palavras-chave capazes de remeterem a vaga. Por fim, é importante atentar-se aos erros gramaticais que podem comprometer a imagem do candidato.

Alimente um bom networking

Muitas vezes os profissionais sentem-se envergonhados em assumir aos amigos e conhecidos que estão em busca de uma nova colocação no mercado de trabalho. Contudo, é justamente esta iniciativa que pode render-lhes as primeiras oportunidades. Logo, é imprescindível alimentar uma rede de relacionamentos por meio de telefonemas e encontros descontraídos com pessoas em ambientes de interesse do profissional.

Atualizar-se

A habilidade de aprendizagem contínua é uma exigência para qualquer pessoa (com emprego ou não), pois é um meio de continuar em alinhamento com as últimas novidades do mercado. Neste sentido, é possível usar o tempo livre para dedicar-se a participação em workshops, cursos, palestras e eventos da área de interesse. No final das contas, o comportamento demonstra que mesmo sem um emprego formal o profissional tem dedicação e está disposto a abrir-se ao aprendizado.

Abra a mente

Os serviços fixos nem sempre são tão fáceis de encontrar. Por esta razão, é imprescindível abrir a mente para saídas alternativas como é o caso das vagas temporárias. Antigamente, esta espécie de emprego era de exclusividade dos períodos sazonais. Mas hoje em dia, acontecem com maior frequência devido aos projetos pontuais das empresas. Entre os benefícios deste trabalho encontram-se: possibilidade de contratação, oportunidades futuras, ampliação de networking e impulsionamento do portifólio.

mercado de trabalho

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,