hidratação potente caseira

Oie,

A mulher brasileira é conhecida como uma das mais vaidosas do mundo e não mede esforços para ficar linda. Isso inclui, claro, o cuidado com os cabelos. Existem inúmeras opções no mercado, mas você sabia que é possível hidratá-los com o que você tem em casa e de forma natural? Uma combinação perfeita é a mistura de banana, iogurte e mel, que são nutritivos para os fios e o couro cabeludo.

A banana é rica em óleos naturais, carboidratos e vitaminas, ajudando a dar brilho, combater caspas, além de favorecer o crescimento saudável.

banana

O mel é um nutriente e antioxidante natural que ajuda a condicionar o cabelo, melhorando a saúde dos folículos capilares. Ele também é um ótimo umectante natural.

mel

O iogurte é rico em vitaminas e ácidos graxos que são essenciais para a saúde dos fios.

iogurte

A mistura da banana, iogurte e mel é incrível para quem quer hidratar os cabelos de maneira natural, sem química e gastando pouco.

Pensando nisso, a agência de modelos Tess Models compartilhou com a gente o passo a passo ensinando como hidratar os cabelos com esses produtos naturais, em parceria com o salão de cabeleireiro Preta Brasileira.

1 – Lave os cabelos com um shampoo por duas vezes e enxágue.

2 – Retire a umidade com uma toalha.

3 – Divida o cabelo em 2 ou 4 partes, dependendo do seu volume total do cabelo.

4 – Passe a mistura nutritiva em mechas da grossura de um dedo para melhor aplicação, pressionando com o polegar para maior absorção do produto.

5 – Deixe agir por meia hora e enxágue, retirando totalmente a mistura nutritiva dos cabelos.

6 – Depois é só secar os cabelos.

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

dicas para emagrecer até o final do ano

Oie,

O fim do ano chegando e as pessoas começam a se preparar para aproveitar o verão e as festas que se aproximam felizes com o seu corpo. O professor da Bio Ritmo, Emerson Felix, disse que para emagrecer com qualidade e, principalmente, com saúde, é importante que o processo aconteça gradualmente e seja aliado com a prática de exercícios físicos e hábitos alimentares saudáveis.

dicas para fazer exercícios em casa

Pensando nisso, o educador físico preparou algumas estratégias para alcançar o shape desejado. As dicas que ele compartilhou partem de 3 vertentes muito importantes: alimentação, treino e disciplina. Mas lembre-se, manter a rotina de exercícios o ano todo é fundamental para o sucesso dos seus resultados.

exercícios para secar até o final do ano

1 – Aumente a intensidade dos treinos

A carga de treino tem relação direta com os resultados. Progredir sua intensidade irá garantir um aumento no gasto calórico, o que reflete na redução da gordura corporal. Como sugestão, inserir exercícios aeróbicos, HIT (treino intervalo de alta intensidade) e outras atividades que acelerem a frequência cardíaca durante o treino. Esse aumento deve ser gradual e com a orientação de um profissional.

2 – Escolha alimentos ideais

Prestar atenção na alimentação é essencial para um bom resultado em emagrecimento. Evite alimentos que aumentam o percentual de gordura corporal, como gorduras saturadas, farinha refinada e açúcar. Escolha proteínas magras, como o peito de frango, peixes, ovos, ricota, entre outros. Peça orientação a um nutricionista. Ele poderá montar um cardápio adequado e personalizado à sua necessidade.

3 – Invista em treinamentos compostos

Quando se fala em reduzir percentual de gordura, o treino composto tem um papel importantíssimo. Ele mescla tanto o trabalho de força muscular (musculação), quanto o trabalho cardiovascular (corrida, por exemplo) na mesma sessão de treino. O resultado é que a pessoa fica com seu metabolismo acelerado o resto do dia, gastando mais calorias e aumentando a produção de testosterona, um dos principais hormônios envolvidos na queima de gordura corporal. Esse processo vai otimizar os resultados.

4 – Frequência semanal de treino

Quanto mais você treinar, mais rápido irá atingir seus objetivos. O ideal é praticar 6 vezes por semana, de 30 a 45 minutos por dia. Se não conseguir ter essa rotina, a sugestão do profissional é que você corra perto da sua casa, substitua o elevador do prédio pela escada ou vá trabalhar de bicicleta, por exemplo. O importante é gastar calorias.

5 – Durma bem

Sem descanso o seu corpo não se recupera e não trabalhará corretamente a hipertrofia, definição e emagrecimento. Tente dormir sempre no mesmo horário e na quantidade certa que para você seja o ideal. O recomendado são de 7 a 9 horas por noite, assim seu corpo terá o repouso adequado para reparar todos os estímulos recebidos ao longo do dia.

elimine gorduras em casa

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

vinhos no verão

Oie,

O verão está chegando e as temperaturas estão subindo. Junto com o calor, é cada vez mais comum a busca por bebidas refrescantes, que sejam capazes de amenizar, ao menos um pouco, a sensação térmica elevada nesta época do ano. E, não é só de cerveja que vivemos no verão. O vinho pode ser uma excelente alternativa para os dias mais quentes. Além de refrescante, a bebida possui propriedades benéficas a saúde e ainda apresenta 50% menos conteúdo energético que sua concorrente.

viihos e queijos

De acordo com Abel Blumekrantz, executivo da Garage Vinhos, a principal dica para consumir vinho no verão é buscar bebidas com boa acidez, notas frutadas e com bastante frescor, que é o caso dos brancos, rosés e dos espumantes. Por serem leves e terem baixa presença de taninos, causam uma sensação refrescante e, além disso, acompanham muito bem os pratos mais cotados para referida estação, como saladas, aperitivos, canapés e pratos leves com frutos do mar e queijos magros.

vinho no verão

Os vinhos brancos, mais tradicionais no Brasil, são cotados para a estação graças à sua acidez equilibrada, seu aroma de frutas cítricas e seu baixo teor alcoólico. São refrescantes e fáceis de beber, sendo muito bem aceitos até mesmo por aqueles que não estão acostumados com a bebida. Já os vinhos rosés apresentam quase que as mesmas características do vinho branco leve, porém com um pouco de tanino e coloração em tons de cereja claro e salmão. São vinhos igualmente refrescantes e versáteis, muito bem aceitos até mesmo para serem apreciados individualmente.

vinho seco

Mais tradicionais nas estações com temperaturas elevadas, os espumantes também são uma ótima pedida. Conhecidos pela perlage, as famosas bolinhas originárias da presença do gás carbônico da bebida, os espumantes têm frescor e sabor diferenciados, que dependem também do tipo de uva utilizado na produção e da região de origem. Para os vinhos brancos, roses e espumantes, o ideal é que sejam servidos em temperatura entre 8 a 10 C. Ao degustarmos em temperatura inferior a essa faixa, as papilas gustativas presente em nossas línguas podem se fechar, fazendo com que não seja possível apreciamos a bebida na sua tonalidade de sabores.

vinho tinto

Mas se você é do tipo que não abre mão dos vinhos tintos, eles também podem ser degustados nessa época. O segredo é ficar ligado nas uvas que são utilizadas, e na região em que ele é produzido. Geralmente vinhos com notas frutadas, com poucos taninos e com corpo equilibrado acompanham muito bem um entardecer ou uma noite de altas temperaturas. No caso dos tintos, a temperatura ideal 13 e 15 C. É importante se lembrar de que adicionar cubos de gelos nessas bebidas não é uma prática recomendada, pois deixará a bebida aguada e dissolverá o sabor original.

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,

dicas para economizar na Black Friday

Oie,

A Black Friday, segunda data mais importante do varejo brasileiro está chegando!

aproveite a Black Friday 2018

No próximo dia 23 de novembro acontece mais uma edição da Black Friday, data que caiu no gosto dos consumidores brasileiros e vem crescendo a cada ano, por conta dos descontos que podem chegar a até 80%. A expectativa é de um aumento de 15% nas vendas em 2018, segundo dados do E-bit, sendo que as categorias mais procuradas devem ser: eletrônicos (39%), eletrodomésticos (33%), artigos de telefonia e celular (25%), informática (24%), moda (19%) e cosméticos (18%).

Black Friday

Para os compradores, é uma excelente oportunidade para adquirir os produtos que desejam com um preço mais em conta. Pensando em ajudar o consumidor a economizar ainda mais, o Reduza, plataforma que reduz preços em lojas da internet, compartilhou algumas dicas importantes com a gente:

1 – Defina o que você quer comprar

O primeiro passo é definir o que quer comprar, para não correr o risco de adquirir algo que não precisa. Navegar na internet em busca de promoções na Black Friday é como andar em um shopping cheio de tentações e isso pode acabar te levando a uma compra por impulso.

2 – Programe-se

Após definir o que irá comprar, o próximo passo é se programar. O tempo é o melhor amigo do consumidor na hora de comprar mais barato, pois permite acompanhar e monitorar baixas de preços e promoções, principalmente em datas especiais como a Black Friday.

3 – Compare e monitore os preços

Encontrou uma super promoção? Cuidado! Neste caso, use as ferramentas da internet a seu favor. Com o Buscapé, Zoom, Google Shopping ou Reduza, é possível comparar o preço de determinado produto e analisar o seu histórico de preço, identificando se o valor é realmente interessante.

4 – Compare e monitore o valor do frete

Os comparadores de preços entregam o menor valor, porém, eles não consideram o frete, que pode representar até 40% do valor total de seu pedido, além de variar em até 400% de uma loja para outra. Então, faça o teste do frete em diferentes lojas para encontrar o menor preço. Talvez o produto em uma loja mais em conta não compense o valor que pagará pelo envio.

Outra opção é comprar na internet e retirar na loja. Redes como Magazine Luiza, Casas Bahia, Extra e Centauro já trabalham com esse modelo de entrega e algumas ainda oferecem descontos extras na modalidade.

5 – Use fóruns, grupos e comunidades de promoções e descontos

As lojas realizam diversas promoções que, muitas vezes, não chegam aos comparadores de preços, ou porque o estoque é limitado ou porque as plataformas não acompanham em tempo real, as ofertas da Black Friday. E aí entra o poder das comunidades, fóruns, grupos de Facebook, WhatsApp, em que as pessoas apaixonadas por promoções divulgam as melhores ofertas 24 horas por dia.

6 – Acompanhe e-emails promocionais

Por ser um canal de comunicação direta com os clientes, as lojas enviam e-mails promocionais todos os dias, com ofertas e preços exclusivos. Portanto, uma dica é se cadastrar nas newsletters dos estabelecimentos nos quais costuma efetuar suas compras parar receber os descontos, pois ali estarão as melhores promoções. Inclusive, durante a Black Friday, muitos comerciantes costumam enviar alertas especiais para a data.

7 – Use cupons de desconto

Com os cupons de desconto é possível economizar até 30% no valor da compra. Hoje, existem muitos sites que disponibilizam esses vouchers, como Cuponmania, Saveme, Cuponeria. O Cupom e o Reduza fazem os testes de cupom de forma automática.

8 – Pague à vista ou com os cartões das lojas

Pagar à vista é sempre mais vantajoso, pois o custo de operação para uma compra parcelada é bem maior. Por isso, a maioria das lojas oferecem descontos de até 15% para quem for pagar à vista (por boleto ou em 1x no cartão de crédito e/ou débito).

Outra maneira de conseguir preços mais atraentes é por meio dos cartões das lojas. Redes como Americanas, Submarino, Carrefour e Netshoes têm seus próprios cartões e preços exclusivos para quem compra com eles. A economia pode chegar a 20%.

9 – Cashback e programas de fidelidade

Existe outra possibilidade que é ganhar parte do valor que pagou de volta. Os programas de Cashback devolvem parte do dinheiro, com o intuito de reter e fidelizar o cliente, fazendo com que ele volte a comprar. As lojas Americanas, Submarino e Shoptime oferecem até 25% de volta, por meio do programa AME.

A compra também pode render pontos/milhas em programas de fidelidade. Para isso, ao finalizar a compra, o consumidor pode informar o CPF para receber esses créditos que futuramente podem ser trocados por produtos ou viagens.

10 – Pare e reflita

E a dica final: antes de pagar o boleto ou fechar a compra, faça uma avaliação e veja se realmente precisa do produto ou se está comprando apenas para não deixar a Black Friday passar em branco.

Black Friday 2018

Espero muito que você tenha gostado!

Super beijo,